Incidência de Leucemia Felina

Tem sido registado recentemente um aumento significativo dos casos de Leucemia Viral Felina nos gatos da região do Campo Branco.
A área inicialmente mais afetada por este aumento de casos clínicos desta doença potencialmente fatal foi a zona sul do Concelho de OURIQUE, mas a doença está-se a disseminar por toda a região envolvente.
Esta doença não é transmissível ao Homem, o seu tratamento é fastidioso, e a vacinação é a única forma eficaz de proteção contra a doença.

Leucemia Viral Felina (FeLV)

A Leucemia Viral Felina (FeLV) é causada por um retrovírus que provoca alterações no sistema imunitário do animal causando imunossupressão, tumores malignos, leucemia e anemia grave e outras complicações secundárias que com frequência conduzem à morte do animal.
Os gatos infectados podem apresentar apenas alguns dos sintomas ou sinais clínicos (depressão, perda de peso com ou sem perda de apetite, diarreia, dificuldade respiratória, falta de resistência a outras doenças ou abortos) ou mesmo não apresentar qualquer um deles, parecendo completamente saudáveis.
Este vírus tem a capacidade de causar infecção latente, ou seja, pode ficar “escondido” nas células do animal por muito tempo, sem se manifestar. Os animais infectados sem sintomas são uma fonte de propagação da doença e excretam sistematicamente o vírus para o meio ambiente.
O vírus pode ser transmitido através da saliva, secreções nasais e lacrimais, urina e fezes de gatos portadores. Deste modo um gato saudável pode ficar infectado através do contacto directo com outros gatos ou através de objectos em que estes tenham contactado. As mães infectadas podem transmitir a doença aos filhotes através da placenta.
Nos espaços reduzidos ou sobrelotados onde os animais estão em contacto mais próximo, o risco de contaminação aumenta drasticamente.
O vírus no meio ambiente sobrevive apenas alguns dias e é facilmente eliminado com desinfectantes comuns. O vírus da Leucemia Felina embora não seja transmitido ao homem nem as outras espécies pode ser fatal para os felinos.
Os gatinhos são alvo fácil para o vírus, embora gatos de todas as idades são susceptíveis e podem contrair a doença.
O tratamento da FeLV é sintomático e visa melhorar a resistência do animal, prevenir e tratar as complicações secundárias, a leucemia e outras neoplasias. Estatisticamente a FeLV é a doença responsável por maior número de mortos entre população felina.
Antes de adoptar um novo amigo aconselha-se sempre efectuar o teste da FeLV junto do seu médico veterinário, descartando assim a hipótese de introduzir um novo membro portador de doença.

O nosso conselho: A única maneira eficaz de luta contra a Leucemia Viral Felina é a VACINAÇÃO dos gatos saudáveis.

21-02-2014

Appointments

Make your appointment through this form

How to find us?

Rua Fialho de Almeida, n.º 26
7780-190 Castro Verde


Coordinates

Latitude: 37º 41' 54" N

 

Longitude: 8º 5' 15" W

T: 286 322 941 | 962 706 969 | 969 023 380

E: geral@cveterinariacastroverde.com